Your browser (Internet Explorer 7 or lower) is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this and other websites. Learn how to update your browser.

X

Navigate / search

A DUREZA DE CORAÇÃO DE ALGUMAS PESSOAS

Hebreus:  3. 12 – 13

Cuidado, irmãos, para que nenhum de vocês tenha coração perverso e incrédulo, que se afaste do Deus vivo. Pelo contrário, encorajem-se uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama “hoje”, de modo que nenhum de vocês seja endurecido pelo engano do pecado. 

Esses versículos estão nos alertando para que não venhamos a ter um coração tão mal e descrente, que nos leve a nos afastar de Deus e nos aconselha a caminhar em sentido contrário, isto é, que tomemos a decisão de nos animar uns aos outros a fim de que não caiamos na cilada de nos enganar pelo pecado e que não endureçamos o nosso coração.

E nesse artigo gostaríamos de refletir um pouco a respeito do coração duro que determinadas pessoas possuem e que impede de forma definitiva que elas consigam se relacionar com as pessoas que estão por perto e aquelas que querem se aproximar.

E  por que as pessoas que possuem o coração duro não conseguem se relacionar com ninguém? O contido em Jeremias 7.24, responde a essa pergunta: Mas não ouviram, nem inclinaram os seus ouvidos, mas andaram nos seus próprios conselhos, no propósito do seu coração malvado; e andaram para trás, e não para diante”, isto é, as pessoas assim não ouvem conselhos e não aceitam repreensão, caminham somente de acordo com aquilo que elas acham ser o correto e, por conta disso, não progridem, não prosperam e não conseguem conviver com ninguém, pois não existe a menor possibilidade de haver qualquer relacionamento quando uma das partes quer andar somente dentro dos seus próprios propósitos, ignorando tudo o que está a sua volta.

Infelizmente, essas pessoas tendem a sofrer muito, já que, como não ouvem a ninguém, acabam aprendendo pela dor provocada pelos erros de suas decisões tomadas de forma solitária, sem nenhum aconselhamento e que poderia evitar grandes problemas para as suas vidas.

Entretanto, o pior, é que da mesma forma que não existe a menor possibilidade de uma pessoa de coração duro se relacionar com seu semelhante, assim, também, será com Deus, que procura a todo o instante uma relação duradoura com o homem, que tenta se aproximar do ser humano, mas como isso acontecerá se esse homem possuir um coração de pedra? Como a Sua Palavra poderá brotar no coração de alguém que anda somente dentro dos seus próprios conselhos?

A grande verdade é que a dureza de coração nos afasta de forma, as vezes, definitiva de Deus e a incredulidade é o seu principal agente, já que cauteriza o nosso coração e não nos permite perceber a necessidade que temos de uma aproximação com o Senhor, criando uma barreira instransponível e fazendo com que percamos a oportunidade de vivenciar uma relação de amor  que preencheria o vazio que existe dentro  de nós.  Porém, a decisão de permitir que as coisas mudem é somente nossa e de mais ninguém, entretanto é bom que se diga que possuir um coração endurecido nos faz perder a grande oportunidade de vivenciar aquilo que Deus sonha em nos dar.  Pense nisso e deixe o seu comentário

 

Por:Marcio Motta

Cadastre-se e receba os artigos do Blog em seu email

Leave a comment

name

email (not published)

website