Navigate / search

A PREOCUPAÇÃO DOENTIA COM O QUE OS OUTROS PENSAM A NOSSO RESPEITO

1 Samuel: 15.30

Saul repetiu: “Pequei. Agora, honra-me perante as autoridades do meu povo e perante Israel; volte comigo, para que eu possa adorar o Senhor seu Deus”.

a preocupação doentia com o que os outros pensam a nosso respeito

Diz a Palavra de Deus que o povo amalequita tinha atacado os israelitas quando estes saíram do Egito e, por conta disso, Deus, através de Samuel, determinou a Saul, rei de Israel, que os atacasse e os destruísse totalmente, sem dó e piedade.

Entretanto, Saul não obedeceu à ordem que tinha recebido e, em vista disso, Samuel foi novamente falar com ele e perguntou os motivos para não ter cumprido as determinações do Senhor. “Leia também: O convite é para todos, mas muitos recusam”.

Saul colocou uma série de desculpas, porém imediatamente Samuel lhe disse que Deus o tinha ungido rei do povo de  Israel e tinha dado uma ordem de destruir aquele povo perverso, aquela gente muito má e tudo o que era deles, então porque ele tinha se apressado em ficar com as coisas do inimigo, fazendo o que era errado perante a Deus.

Então Saul reconhece que tinha errado dizendo que tinha ficado com medo do seu povo e preferiu fazer o que eles queriam e pede perdão a Samuel solicitando que voltasse com ele.

Samuel diz que não tendo em vista ter recusado as ordens do Senhor e lhe diz que, por conta disso, Deus o tinha, também, rejeitado com rei do Seu povo. “Sugerimos que você leia também: Deus tem compromisso com quem tem compromisso com ele”.

Saul novamente reconhece o seu erro e volta a pedir a Samuel que pelo menos o respeite em frente ao povo e volte com ele, então, Samuel concordou em voltar em sua presença. “Você também pode ler: Muitas vezes é melhor ficar calado”.

Onde estamos querendo chegar com esse contexto? A resposta é que Saul tinha acabado de ouvir que Deus o tinha recusado como rei, mas estava muito mais preocupado com o que as pessoas iriam pensar dele.

E o que isto tem a ver conosco? Tudo. Muitas pessoas vivem muito mais preocupadas com aquilo que os outros pensam a seu respeito do que em fazer o que é correto, em obedecer, em levar uma vida de acordo com os princípios de Deus, ou seja, o que nós fazemos não tem a menor importância, desde que não seja descoberto, desde que as pessoas não percebam e o que importa são a nossa imagem e o que outros estão pensando sobre nós. “Uma ótima leitura para você seria: A decepção não pode acabar com a nossa esperança”.

O que precisamos entender é que o que as pessoas pensam a nosso respeito deve ser reflexo do nosso comportamento diário, do nosso estilo de vida, da forma como conduzimos as nossas ações, fazer tudo errado e tentar fazer uma maquiagem na situação para que os outros não pensem o pior é de uma ingenuidade sem tamanho, porque as coisas ruins podem ficar encobertas por um tempo, mas num determinado dia tudo vem à tona.

Para finalizar, Saul era uma pessoa rebelde, teimosa e só pensava em si próprio e a sua reação a esse episódio mostra isso, pois mesmo diante daquela situação estava preocupado somente com os que os outros iriam pensar a seu respeito, ou seja, não conseguiu perceber que o seu problema era muito maior do que aquilo. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Comments

lourdes
Reply

bom isso tem tudo a ver com as pessoas que ser importar com que vc pensar ou deixar de fazer mais isso agente tem que ser o que agente quizer ser eu sou envagelica e nao tenho vergonha de disse pq sou de Deus mais pq vc tem vergonha de Deus mais pense ele nunca tem vergonha de nós eu nao entendo estas pessoas que sabe o que é certo e ficar fazendo o errando EU SOU DE DEUS EU NASCI PRA SER FILHO DE DEUS EU LOUVO TODO DIA;

Marcio Motta
Reply

Agradecemos o seu comentário

Leave a comment

name*

email* (not published)

website