Navigate / search

A SALVAÇÃO É UM ATO DE AMOR

Efésios 1. 4 – 5

Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença. Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade.

A salvação é um ato de amor

No versículo acima está escrito que, muito antes da criação do mundo, Deus já tinha nos escolhido e, por conseguinte, já havia planejado nos adotar para estarmos ao seu lado e livres do pecado. O interessante é que o ser humano ficou sabendo disso no mesmo dia em que caiu, pois o Senhor anunciou que haveria uma pessoa, nascido do ventre de uma mulher, que nos resgataria do mundo das trevas e nos traria para a luz e nós, por Seu intermédio, conheceríamos a verdade.

E isso começou a acontecer no dia em que Deus fez essa revelação, teve o seu ponto máximo quando Jesus Cristo encarnou e deu a Sua vida por nós.

Então é fácil nós chegarmos à conclusão que a Salvação tem o seu nascedouro em Deus, isto é, é a manifestação da graça de Deus e um ato de amor, Dele por nós.

É importante nós chamarmos a atenção para o fato de que Deus sempre quis ter o ser humano próximo a Ele, pois ainda no Éden, logo após o homem ter perdido toda a Sua glória, Ele já apresentou uma alternativa para voltar a ter o ser humano junto de Si.

Entretanto é de suma importância que coloquemos que, apesar de a Salvação estar à disposição de todas as pessoas, ela tem algumas condições e a principal está no fato de que o homem precisa aceitar ser salvo para que ela venha se consumar, então isso nos arremete a uma conclusão terrível, ou seja, infelizmente muitos não conseguirão se salvar, simplesmente pelo fato de que, tendo em vista o livre-arbítrio, não aceitarão a oferta.

Para aqueles que estiverem dispostos a aceitar o convite se faz necessário uma mudança radical na forma de conduzir a sua vida, isto é, a criatura anterior deverá deixar de existir e dar lugar a outra com uma postura completamente contrária a anterior e reconhecendo que, a partir daquele momento, o Senhor é o dono da sua vida, e foi isso que Jesus disse a Nicodemos, como está escrito em João 3.3: “Em resposta, Jesus declarou: “Digo-lhe a verdade: Ninguém pode ver o Reino de Deus, se não nascer de novo”.

E é aí que reside o grande problema daqueles que não aceitam essa oferta de amor. Essas pessoas não querem deixar os valores antigos, as atitudes anteriores, o estilo de vida que levam e preferem continuar vivendo da mesma maneira e, muitas vezes, completamente perdidas e, pior, acham que aqueles que aceitam o chamando se tratam de pessoas que sofreram lavagem cerebral, que não conseguem discernir as coisas, completamente desinformadas e por aí vão, achando uma porção de coisas completamente equivocadas e perdendo a grande oportunidade que Deus está oferecendo.

Também é certo que, infelizmente, muita gente que se diz pertencer ao Evangelho colabora com isso, tomando atitudes completamente fora dos preceitos da Palavra de Deus, são os famosos “falsos profetas”, que se aproveitam da ingenuidade de alguns em benefício próprio e acabam jogando por terra todo o trabalho de pessoas de bem, fazendo com que o povo pense que é tudo “água da mesma pipa”, o que não é, já que existem pessoas boas e ruins em todos os segmentos, o que precisamos é saber discernir isso.

O que é importante entender é que a Salvação é um processo que possui diversos capítulos, que abordaremos em artigos posteriores, entretanto, o que devemos ficar cientes é que ela está calcada na fé em Jesus Cristo, em crermos no significado de Sua morte na cruz e no reconhecimento de que Ele é o nosso Senhor e Salvador, ou seja, aqueles que aceitam o convite andam pela fé e não pelo que vêem. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Preencha o seu e-mail e receba um e-book totalmente grátis. Coletânea de Versículos Bíblicos. => => => Quero Receber

Facebooktwittergoogle_plusmail

Leave a comment

name*

email* (not published)

website