Navigate / search

AS NOSSAS PALAVRAS E PENSAMENTOS SÃO AGRADÁVEIS A DEUS?

Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor, Rocha minha e Redentor meu!

(Salmos: 19.14)

Neste Salmo Davi, seu autor, ressalta a grandeza de Deus, declara que os Seus preceitos são justos, que os Seus mandamentos são límpidos e trazem luz aos olhos do homem.

As nossas palavras e pensamentos são agradáveis a Deus?

Continua pedindo que não seja dominado pelos pecados intencionais, pois, assim sendo, será um homem íntegro e inocente de grandes transgressões.

“Você deveria ler também: O pensamento negativo é uma força contrária que destrói”.

E termina demonstrando toda a sua preocupação com o que fala e com o que pensa, pedindo a Deus que aprove as suas palavras e os seus pensamentos.

“Não deixe de ler também: Os pensamentos que convivem conosco”.

E é sobre palavras e pensamentos que gostaríamos de refletir neste texto, dessa preocupação de Davi, que parece ser um pouco tola, mas que não é, pelo contrário, é de suma importância na relação do homem com Deus, e que nós, também, deveríamos ter.

Todos nós, com certeza, em algum momento da nossa vida, já dissemos coisas das quais nos arrependemos e pensamos outras tantas das quais não nos orgulhamos.

Às vezes falamos sem pensar, respondemos à ofensa no mesmo tom, dizemos coisas que não edificam, falamos demais, ou seja, usamos as palavras de uma forma totalmente equivocada.

Por outro lado, muitas vezes também, deixamos os maus pensamentos tomarem conta da nossa mente e do nosso coração e, por consequência, acabamos tomando atitudes e decisões desastrosas para a nossa vida.

“Sugerimos que você leia também: Existem pessoas que só pensam em levar vantagem”.

Por isso, devemos ter muito cuidado com o que falamos e pensamos, pois o que Deus quer é que saiam da nossa boca somente palavras que edifiquem as outras pessoas e que a nossa mente seja repleta de bons pensamentos e não poluída por coisas ruins.

O grande problema é que, infelizmente, a maioria de nós não tem a autocrítica de Davi para reconhecer que somos falhos e, por isso, achamos que não fazemos nada de ruim com o que falamos ou pensamos.

Achamos que não tão sério assim humilhar a alguém com as nossas palavras, por exemplo, ou fazer uma coisa ruim que foi plantada em nosso coração por pensamentos ruins e perversos.

Não damos muita importância para isso, pois temos a plena certeza de que usamos as palavras de modo correto e todos os nossos pensamentos são dignos e agradáveis a Deus.

Mas o que podemos tirar deste verso é que Deus examina o que falamos, Ele sabe aquilo que ronda a nossa mente, não há como enganá-Lo e sabemos disso.

Então, o grande questionamento que todos nós devemos fazer é o quão estamos dispostos a mudar em nossa forma de viver para nos tornar agradáveis a Deus, com as nossas palavras e os nossos pensamentos.

Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Leave a comment

name*

email* (not published)

website