Navigate / search

BUSCAI O SENHOR ENQUANTO SE PODE ACHAR

Atos 26. 26 – 28

Porque o rei, diante de quem falo com ousadia, sabe estas coisas, pois não creio que nada disto lhe é oculto; porque isto não se fez em qualquer canto. Crês tu nos profetas, ó rei Agripa? Bem sei que crês.  E disse Agripa a Paulo: Por pouco me queres persuadir a que me faça cristão!  

tubarão em alto mar

Paulo estava preso e o rei Agripa, também conhecido como Herodes Agripa II, lhe diz que ele pode apresentar a sua defesa.

Então Paulo começa dizendo que se sente muito satisfeito com possibilidade de estar naquele lugar  para poder se defender das acusações que os judeus estavam lhe fazendo e faz uma solicitação ao rei para que  tenha paciência em lhe escutar.

Coloca que os judeus sabem a forma como ele vinha levando a sua vida, que desde cedo pertenceu ao partido dos fariseus, o mais rigoroso a respeito da sua religião, e que, por ironia, estava sendo julgado justamente por crer na promessa que Deus tinha feito aos seus antepassados, apesar de todas as tribos pertencentes ao seu povo também acreditarem e volta a enfatizar que o motivo pelo qual está sendo acusado é por ter esperança.

Leia também: A verdadeira paz

Continua dizendo que ele mesmo também acreditava que deveria fazer de tudo para impedir o crescimento do cristianismo e agiu assim em Jerusalém, quando recebeu autorização dos chefes dos sacerdotes para prender os seguidores de Jesus e durante os julgamentos também votava contra eles, condenando-os à morte e diz que fez isso durante muito tempo, forçando os cristãos a negar a sua fé, tal era o ódio que tinha por eles.

Você também por ler: Que adianta ganhar o mundo e perder a nossa alma

Nesse momento Paulo diz que quando viajava para Damasco, justamente levando autorizações e ordens dos chefes dos sacerdotes, acontece uma coisa inesperada, de repente veio do céu uma luz brilhante, ele e todos os seus homens caíram no chão e ele escuta uma voz, em hebraico, chamando pelo seu nome e perguntando o motivo da sua perseguição. Ele conta que imediatamente fez pergunta de quem seria  aquela voz e a resposta foi que era Jesus, aquele que ele estava perseguindo,  e faz a declaração que tinha aparecido para ele, Paulo, porque o tinha escolhido para ser Seu servo e que ele deveria contar a todos aquilo que ele tinha visto naquele dia e anunciar o que viria depois. Diz, também, que o livraria, tanto dos judeus quanto dos outros, e que ele deveria mostrar a todos o caminho da luz, para que pudessem sair da escuridão.

E Paulo finaliza dizendo que, na verdade ele estava cumprindo a ordem que tinha vindo do céu, anunciou o evangelho em Damasco e depois em Jerusalém, também em toda a Judéia e  entre aqueles que não eram judeus, dizendo a todos que precisavam abandonar os seus pecados e se arrependerem, para que pudessem ser perdoados e passarem a fazer parte do povo de Deus e foi por isso que os judeus o tinham prendido e queriam matá-lo.

Uma boa leitura seria: O amor ao próximo

Então Paulo faz uma pergunta impactante ao rei Agripa , qual seja, se ele cria nos profetas e ele mesmo responde dizendo que tinha a certeza de que o rei acreditava. O rei se manifesta perguntando a Paulo se ele tinha a pretensão de, daquela forma e em tão pouco tempo, torná-lo um cristão.

E Paulo lhe responde colocando que rogaria a Deus para que, não somente o rei e também todos os que o estavam escutando, pudessem chegar a ser como ele, não importando o tempo para que isso acontecesse.

Gostaríamos de enfatizar nesse texto a colocação do rei Agripa, quando de uma forma irônica pergunta a Paulo se somente com aquela argumentação e durante aquele intervalo de tempo, ele acreditava que podia fazer com que ele aceitasse o evangelho.

O rei Agripa foi último da dinastia de Herodes e, como seus antepassados, rejeitaram  a Deus de uma forma consciente, agindo  como tantas pessoas que vivem perdendo a oportunidade de conhecer a Deus e é disso que queremos falar, das oportunidades que nós temos de aceitar a mensagem de Deus e vivemos desperdiçando.

Considere ler também: Como se tornar um grande líder

Em Isaias 55.6 está escrito: “Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto”, está muito claro que nunca vamos ter  a certeza da quantidade de oportunidades que  teremos para aceitar o evangelho de Jesus e isso é aterrador, na medida em que podemos estar tendo a última e acharmos que ainda é cedo, que precisamos esperar mais um pouco, que esse não é momento, enfim, aquelas desculpas que todos arranjamos quando queremos.

A história do rei Agripa e seus antepassados está totalmente dentro desse contexto, já que tiveram as oportunidades e recusaram.

Sendo assim, precisamos estar atentos, Deus está sempre nos dando oportunidades de conhecê-Lo e de ter uma relação com Ele, porém não podemos achar que isso estará sempre a nossa disposição, pois podemos, num determinado momento, buscá-Lo e não mais encontrá-Lo e encovar o Seu nome e Ele não estar mais por perto.

Reflita sobre isso.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Comments

Pb Edelson Do Amaral
Reply

Interessante que Deus nos convoca para buscar a Ele, mas de uma forma geral as pessoas acham que Deus vem ao seu encontro. Mas nao so em Isaias esta escrito como tambem em tiago 4:8 diz: chegai-vos a Deus e Ele chegara a vos. De o primeiro passo, e tempo de buscarmos a verdadeira paz que ha em Cristo Jesus. Deus abencoe

Marcio Motta
Reply

Pb Edelson bom tê-lo de volta comentando em nosso site. Fique com Deus.

hugo
Reply

num determinado momento, buscá-Lo e não mais encontrá-Lo e invocar o Seu nome e Ele não estar mais por perto

quer dizer que podemos busca-lo e ele pode nos rejeitar?

Marcio Motta
Reply

Prezado Hugo,
Isaías nos incentiva a buscar a Deus enquanto Ele está próximo. Deus não planeja se afastar de nós, porém muitas vezes nós é que O deixamos ou erguemos barreiras de pecados entre nós e Ele. Por isso não podemos esperar, ficarmos à deriva e cada vez mais longe de Deus. Quanto mais o tempo passar, mais difícil fica voltar para Ele. Também existe a triste possibilidade de Deus vir a julgar os homens antes que decidamos voltar para Ele. Por isso precisamos decidir logo buscar a Deus, enquanto existe a possibilidade. Obrigado pelo seu comentário.

Gustavo Henrique
Reply

Que Deus te abençõe e continue a te iluminar.
Parabéns pela iniciativa de utilizar a Web para divulgar o evangelho.

Palavra Fiel
Reply

Obrigado Gustavo pelo seu comentário

Anônimo
Reply

Gostei deste tema dos outros que Deus vos possa abencoar

Marcio Motta
Reply

Ficamos felizes que você tenha gostado

Leave a comment

name*

email* (not published)

website