Navigate / search

COMO ENFRENTAR AS CIRCUNSTÂNCIAS DIFÍCEIS QUE SURGEM EM NOSSAS VIDAS

Depois de tudo o que Ezequias fez com tanta fidelidade, Senaqueribe, rei da Assíria, invadiu Judá. Ele sitiou as cidades fortificadas para conquistá-las.2 Crônicas 32.1

Como enfrentar as circunstâncias difíceis que surgem em nossas vidas

A Assíria era um grande império e, por conta disso, as suas fronteiras se estenderam até bem próximo de Israel e, após destruir o Reino do Norte, tentou, também, tomar Judá, o Reino do Sul. “Você não pode deixar de ler também: Você acredita que pode ser curado por Jesus?”.

Senaqueribe, rei da Assíria, tinha como estratégia conquistar as cidades para que o povo conquistado lhe pagasse impostos e assim construísse uma base de rendimentos sólida, aliás, esse tipo de comportamento era comum a todos os reis vitoriosos. “Sugerimos que você leia também: Libere o perdão, vire a página e siga em frente”.

Para o rei Senaqueribe eram muito mais importantes os rendimentos auferidos com os impostos do que levar os inimigos prisioneiros, já as despesas eram muito grande com os presos.

Sendo assim, quando o rei de Judá,  Ezequias,  se viu diante da possibilidade da invasão assíria ficou desesperado, pois conhecia muito bem a força do inimigo.

Entretanto, Ezequias não ficou somente com medo, ele tomou duas decisões importantes com a finalidade de dificultar as ações do inimigo.

A primeira foi de tomar algumas decisões administrativas que visassem dificultar a ação do inimigo, tais como:

  • Com o objetivo de os assírios encontrarem pouca água quando chegassem perto da cidade, taparam as fontes de água que ficavam fora da cidade.
  • Consertou a muralha da cidade, construiu torres em cima delas e levantou outra muralha ao redor da que já existia.
  • Construiu defesas no aterro que havia sido feito no lado leste e mandou fazer muitas lanças e escudos.
  • Colocou oficiais no comando de todos os homens da cidade e mandou eles  se reunirem na praça do portão de entrada da cidade.

Já a segunda foi passar confiança ao povo dizendo para que fossem fortes e corajosos, que não ficassem com medo do inimigo, pois Deus estava com eles e era muito mais poderoso do que qualquer exército, continuou afirmando que o adversário contava somente com a força dos homens, mas eles tinham a força do Senhor, para ajudar e lutar por eles. “Indicamos para você ler também: Infelizmente algumas pessoas não mudam”.

Diz a Palavra de Deus que o povo ficou muito animado com as palavras do rei Ezequias.

Onde estamos querendo chegar? Quando Ezequias se viu diante daquela situação assustadora tomou duas grandes decisões, a primeira de cunho administrativa, tomando algumas decisões que estavam ao seu alcance com vista a melhorar a situação do seu reino frente ao inimigo,  já a segunda foi de cunho espiritual, isto é, confiou a Deus o resultado final daquela peleja. “Leia também: O sofrimento aperfeiçoa e fortalece o nosso caráter”.

E é isto exatamente o que devemos fazer quando estamos diante de circunstâncias difíceis e assustadoras em nossas vidas.

Devemos tomar todas as providências que estejam ao nosso alcance para minimizar o problema e, depois, entregar o resultado final a Deus, que é mais poderoso que qualquer adversário e está sempre disposto a combater por nós. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Leave a comment

name*

email* (not published)

website