Navigate / search

DEUS CONHECE AS REAIS INTENÇÕES DOS NOSSOS CORAÇÕES

Mateus 21:28-30

Mas, que vos parece? Um homem tinha dois filhos, e, dirigindo-se ao primeiro, disse: Filho, vai trabalhar hoje na minha vinha. Ele, porém, respondendo, disse: Não quero. Mas depois, arrependendo-se, foi. E, dirigindo-se ao segundo, falou-lhe de igual modo; e, respondendo ele, disse: Eu vou, senhor; e não foi.

Deus conhece as reais intenções dos nossos corações

Estes três versículos fazem parte de um diálogo entre Jesus e os fariseus que tentaram aprontar uma armadilha para o Mestre fazendo uma determinada pergunta que parecia ter um direcionamento, mas, que na verdade, tinha segundas intenções.

E é sobre isso que gostaríamos de falar nesse artigo, das verdadeiras intenções das pessoas. “Leia também: Se quisermos mudanças precisamos mudar”.

Os versículos tema de nosso texto diz que um homem tinha dois filhos e determinou ao mais velho que fosse trabalhar em sua plantação de uvas e o filho lhe respondeu que não iria, porém depois se arrependeu e foi.

Depois se dirigiu ao outro e disse a mesma coisa e recebeu como resposta que ele iria, porém acabou não indo. “Sugerimos que você leia também: Sem perseverança não existe vitória”.

O que estamos vendo é o comportamento de duas pessoas com intenções completamente diferentes, o primeiro falou a verdade e disse que não queria ir, mas acabou cumprindo a determinação do pai, porém o segundo jamais teve a real intenção de fazer qualquer coisa, ou seja, demonstrou estar bem intencionado em obedecer ao seu pai, mas já sabia que não cumpriria o que estava dizendo.

O comportamento do filho mais jovem, infelizmente, traduz uma realidade atual de muitas pessoas que vivem demonstrando uma coisa, mas que possuem reais intenções completamente diferentes, isto é, vendem uma imagem daquilo que não são e acham que conseguirão enganar todas as pessoas durante todo o tempo, a boa notícia é que não conseguirão porque a verdade sempre acaba prevalecendo. “Você também pode ler: Os filhos são herança de Deus”.

O que todos nós precisamos entender é que Deus conhece as reais intenções dos nossos corações, podemos conseguir enganar as pessoas durante um determinado tempo, porém a Deus não e o pior é que muitos de nós, de uma forma completamente louca e ingênua, agimos assim até na nossa relação com Ele. “Uma ótima leitura para você seria: Os resultados das nossas decisões”.

Jesus disse de uma forma muito clara que aqueles fariseus agindo daquela forma não conseguiriam alcançar o Reino de Deus, já que estavam fingindo que obedeciam ao Senhor quando os seus corações estavam muito longe Dele, por isso as nossas palavras devem estar totalmente de acordo com o nosso comportamento e as nossas intenções representarem aquilo que realmente pretendemos fazer. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Leave a comment

name*

email* (not published)

website