Navigate / search

DEUS NÃO MUDOU, ELE CONTINUA O MESMO

Replicou-lhe Gideão: “Ai, senhor meu, com que livrarei a Israel? Eis que a minha família é a mais pobre em Manassés e eu o menor na casa de meu pai”.

(Juízes: 6.15)

Quando Deus chamou Gideão para liderar o povo de Israel na luta contra o povo midianita, ele disse que não tinha a menor condição de fazer isto.

Deus não mudou Ele continua o mesmo

“Não deixe de ler também: Deus sempre quer nos dar outra chance”.

Para dar mais respaldo à sua argumentação, de que não tinha condições de liderar o povo, se depreciou afirmando o constante do versículo tema do texto, de que era pequenino e a sua família a mais pobre de Manassés.

“Sugerimos que você leia também: O planos de Deus”.

Mas, apesar de ele achar isto de si próprio, de pedir provas a Deus de que estava com ele nesta empreitada e de ter ficado relutante em aceitar o desafio que lhe foi proposto, acabou cedendo e foi.

E o final desta história é que Gideão conseguiu levar a bom termo a difícil missão que lhe confiada e mais, acabou se tornando um grande militar na arte de surpreender e o quinto juiz de Israel.

Ele foi chamado para somente liderar o povo na batalha, entretanto Deus o capacitou para mais, tornando-o um militar excelente e um dos 12 heróis, homens e mulheres, que libertaram Israel das mãos dos inimigos opressores.

E as perguntas que gostaríamos de fazer são as seguintes: E se Gideão não aceitasse o convite e não fosse? Deus desistiria de libertar o povo? Deus buscaria outra pessoa para cumprir a missão? O que teria acontecido com Gideão?

Em primeiro lugar, Deus não desistiria de libertar o povo, é claro que Ele iria cumprir o que tinha em mente com Gideão ou não, ou seja, a obra de Deus não para, ela continua em frente, independentemente das pessoas.

“Não deixe de ler também: Você tem a quem recorrer”.

Em segundo lugar, se Gideão não aceitasse o convite teria perdido a grande oportunidade de tornar quem se tornou, continuaria com a vida medíocre que vinha levando até aquele momento.

E é disso que queríamos refletir neste texto, das oportunidades que Deus oferece às pessoas e que são perdidas pelos mais diversos motivos.

“Seria ótimo você ler: Se você tem algum problema com alguém o melhor a fazer é resolvê-lo”

Alguns não aceitam alegando se tratar de muita responsabilidade e que seria melhor não assumir, outros dizem que não estão preparados para determinadas tarefas, já alguns preferem colaborar de alguma forma, mas se envolver “ainda não é o momento”.

Ou seja, existem diversos motivos para continuar somente olhando, porém Deus não mudou, Ele continua o mesmo, querendo usar as pessoas e abençoá-las nas mais diversas áreas das suas vidas, mas existe uma parte do processo que cabe ao homem e nada acontecerá se ele não aceitar o desafio.

Gideão era um lavrador e Deus o chamou para liderar um povo em uma guerra, deve ter sido muito difícil para ele atender ao chamado, mas foi e viu a Glória de Deus em sua vida.

Deus é assim, ele chama o homem, capacita o homem e usa homem em Seus propósitos, mas somente os que aceitam o desafio é que conseguem viver o plano completo que Ele tem preparado.

Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Comments

Maura Bulcão
Reply

Deus é fiel e usa os pequenos para confundir os grandes. Satanás faz de tudo para pensarmos q somos impotentes e incapazes de avançarmos. Deus nos enxerga com potencialidades, confiando em nós. Nesse sentido, decidamos confiar nEle, porque se Ele diz q é conosco, nada se voltará contra as nossas vidas, tendo poder para nos derrotar!

Palavra Fiel
Reply

Você tem toda a razão Maura. Obrigado pelo seu comentário.

Leave a comment

name*

email* (not published)

website