Your browser (Internet Explorer 7 or lower) is out of date. It has known security flaws and may not display all features of this and other websites. Learn how to update your browser.

X

Navigate / search

DEUS TEM COMPROMISSO COM QUEM TEM COMPROMISSO COM ELE

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppGostou do artigo? Compartilhe!

Salmos: 18.2-3

O Senhor é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador; o meu Deus, a minha fortaleza, em quem confio; o meu escudo, a força da minha salvação, e o meu alto refúgio. Invocarei o nome do Senhor, que é digno de louvor, e ficarei livre dos meus inimigos. 

Davi escreveu esses versos no dia em que Deus o livrou de Saul e de todos os seus inimigos. Ele disse que o Senhor é a sua rocha, a sua fortaleza, é o seu libertador é onde ele se abriga e se esconde, já que Ele o protege  de todos o seus oponentes e, por isso,  estará sempre em lugar seguro.

Todos conhecemos a história de Davi,  o maior rei de Israel, pastor, o homem que matou o gigante Golias, grande guerreiro, enfim um dos maiores homens do Antigo Testamento. Não podemos deixar de ressaltar que, concomitantemente a estas qualidades, uma série de defeitos marcou a sua vida como traidor, mentiroso, adúltero e, até, assassino.

Leia também: Confie em Deus e não em si mesmo

Davi talvez seja o personagem da Bíblia que melhor retrate a essência do caráter do ser humano no que diz respeito aos seus altos e baixos, entretanto, independentemente  de suas vitórias e de seus fracassos, era um homem que tinha uma fé inabalável em Deus e extrema confiança na Sua fidelidade e capacidade de perdoar, além de reconhecer que dependia totalmente da Sua proteção.

Considere ler também: Que adianta ganhar o mundo e perder a nossa alma

E é disso que gostaríamos de falar nesse artigo, o reconhecimento da nossa dependência total da proteção de Deus e que sem ela não existe a menor condição de sobrevivermos.

E por que muitos não conseguem reconhecer isso? Porque o ser humano, por tendência, se julga bom o suficiente para tomar conta de si próprio em todos os momentos de sua vida.

Davi também poderia se sentir assim, já que era suficientemente poderoso para tal, porém jamais se esqueceu disso, de que sem Deus ele não era ninguém.

Você também pode ler: A fé sem obras é morta

Sendo assim, gostaríamos de colocar o que está escrito em 2 Crônicas 12. 1 – 2: “Depois que Roboão se fortaleceu, firmou-se como rei, ele e todo o Israel abandonaram a lei do Senhor. Por terem sido infiéis ao Senhor, Sisaque, rei do Egito, atacou Jerusalém no quinto ano do reinado de Roboão”. O contexto dessa história é que Roboão durante os três primeiro anos do seu reinado permaneceu fiel a Deus e a nação viveu grande prosperidade, entretanto, quando ele se tornou famoso e detentor de grande poder deixou Deus para trás, então, o Senhor permitiu que a nação fosse tomada pelo povo egípcio.

Leia também: O erro de deixar Deus em segundo plano

O que estamos vendo nesse artigo é comportamento de dois reis, um que jamais esqueceu da sua dependência de Deus e outro que, a partir de um determinado momento achou que não precisava mais Dele.

Deus sempre terá compromisso conosco, desde que tenhamos também com Ele, achar qualquer coisa diferente disso é viver de forma perigosa e, pior, achando que podemos dar conta de determinadas coisas que não temos a menor condição. Pense nisso e deixe o seu comentário.

 

Por:Marcio Motta

Cadastre-se e receba os artigos do Blog em seu email

Leave a comment

name

email (not published)

website