Navigate / search

FAÇA UMA AVALIAÇÃO CORRETA A SEU RESPEITO

Romanos 12:3

Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.

faça uma avaliação correta a seu respeito

O versículo está dizendo para que as pessoas não se achem melhores que realmente são, muito pelo contrário, que tenham equilíbrio nesse julgamento e que cada um faça esta avaliação de si próprio em consonância com a fé que Deus lhe deu.

Evidentemente que Paulo, o escritor da carta aos Romanos, estava falando de autoestima e que tê-la na medida certa é muito importante e salutar. “Leia também: A fragilidade da vida”

Ocorre que encontramos gente nos dois extremos, umas tendo uma péssima impressão si mesmas e outras se supervalorizando, o que, na realidade, é muito ruim, pois tanto um grupo quanto o outro acabará sofrendo sérias consequências em suas vidas por não ter encontrado o equilíbrio necessário.

Então, o que devemos fazer? Como conseguirmos fazer uma avaliação sincera a nosso respeito? Para responder a estas perguntas nós poderemos usar dois padrões, quais sejam aqueles determinados pelo mundo em que vivemos ou de acordo com a fé que Deus nos deu.

Se utilizarmos o do mundo, com certeza, corremos sérios riscos de fazer uma avaliação equivocada a nosso respeito, por quê? Simplesmente porque os padrões utilizados não nos garantem nenhuma certeza de que são corretos e vou  citar um exemplo bem básico: Em minha juventude o homem bonito, que estava de acordo com a época, que as meninas mais gostavam, que andava na moda, era aquele que tinha o “cabelo comprido e liso”, isto é, o rapaz que não se enquadrasse neste padrão, estava em sérias dificuldades,  já que estava completamente fora do escopo delineado para o homem ideal.“Você também pode ler: A dureza do coração de algumas pessoas”

Os anos se passaram e o que vemos hoje é completamente o contrário, isto é, o cabelo comprido e liso deu lugar ao corte bem baixo, quase careca, às vezes careca, isto é, os modelos fixados como parâmetros sofrem variação de acordo com uma série de fatores e, por conta disso, não podem ser levados em consideração para determinar absolutamente nada.

Entretanto, se  utilizarmos os padrões determinados de acordo com a fé que Deus nos deu, nós não corremos nenhum risco de cometer algum erro com relação ao que achamos de nós mesmos, pois para Ele todos nós somos valiosos e, como somos totalmente dependentes da Sua graça, também não acabaremos no outro extremo, achando que somos os tais e melhores que os outros. “Você também pode ser: A satisfação doentia com a desgraça alheia”.

Sendo assim, se você que está lendo esse texto se encontra infeliz  e com a sua autoestima lá em baixo por não se encontrar dentro dos padrões determinados por esse mundo para ser o homem ou a mulher ideal, ou ao contrário, se acha o tal, o máximo, está se supervalorizando justamente por estar totalmente dentro deste modelo,  pare com isso, mude a maneira de ver as coisas e passe a ver a vida tendo como base o amor de Deus,  que não faz acepção de pessoas e que não muda seguindo modismos ou tendências. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Comments

Edcarlos
Reply

É a realidade em que vivemos infelizmente…

Marcio Motta
Reply

Edcarlos infelizmente é isso mesmo. Fique com Deus.

Michelly
Reply

È a mais pura verdade!!! Muitas vezes por opiniões erradas de pessoas que eu pensava serem amigos,me sentia a pior pessoa do mundo,achava que nunca chegaria em lugar nenhum e que todos eram melhores do que eu…Mas Deus não ve aparencia e sim o coração…Obrigada mais uma vez pr me mostar na palavra de Deus que somos mais que vencedores em Cristo Jesus…Deus abençoe…

Leave a comment

name*

email* (not published)

website