Navigate / search

MUITAS VEZES É MELHOR FICAR CALADO

Gênesis 42:8-10

José, pois, conheceu os seus irmãos; mas eles não o conheceram. Então José lembrou-se dos sonhos que havia tido deles e disse-lhes: Vós sois espias, e viestes para ver a nudez da terra. E eles lhe disseram: Não, senhor meu; mas teus servos vieram comprar mantimento.

Esses versos tratam do cumprimento de um sonho que José teve. Quando jovem ele disse aos seus irmãos que tinha sonhado

que eles estavam no campo amarrando feixes de trigo e o dele ficava de pé, enquanto os dos irmãos ficavam em volta e se curvavam. Então os irmãos ficaram furiosos e indagaram de José se aquilo que ele estava dizendo significava que eles seriam seus súditos e, por consequência, seriam mandados por ele e a irritação era maior pela forma que José contava isso, cheio de vanglória.

Essa atitude imatura de José acabou por desencadear a inveja de seus irmãos, que muito bravos acabaram por vendê-lo como escravo.

Você também pode ler: A palavra falada

O tempo passou e como havia fome em Canaã os seus irmãos foram até o Egito tentar comprar trigo, a mando de seu pai, já que não havia mais alimento algum em sua casa e as notícias diziam que naquela terra havia mantimentos.

Lá chegando e sem conhecê-lo dirigiram a José, que era o governador daquele país e o homem com autoridade para decidir pela venda ou não, e inclinaram-se ante ele com face na terra e disseram que estavam ali para comprar alimentos para a sua casa.

José conheceu os seus irmãos, mas não deu a perceber e lembrou daquilo que tinha sonhado há anos atrás, porém preferiu ficar calado com relação às suas lembranças.

Leia também: O poder das palavras

Ele poderia muito bem se identificar e dizer para eles “eu não disse que vocês se prostrariam diante de mim”, entretanto, apesar ser a pessoa mais poderosa do Egito, depois do faraó, preferiu se calar a sair se vangloriando da sua situação superior naquele momento.

E é isso que gostaríamos de ressaltar nesse artigo, de que às vezes é muito melhor ficarmos de boca fechada a sair falando as coisas sem pensar.

José é maior exemplo do que estamos falando, se ele não tivesse instigado os seus irmãos com a atitude infantil de contar aquilo que tinha sonhado de forma orgulhosa teria evitado muito sofrimento para si próprio, não que alguma coisa justifique a atitude deles, porém a grande verdade é que ao contar o que sonhou daquela forma, José jogou gasolina no fogo.

Você também pode ler: Eu adoro ouvir a minha voz

Em Provérbios 13.3 está escrito: “Quem guarda a sua boca guarda a sua vida, mas quem fala demais acaba se arruinando”.

A grande verdade é que quem não consegue se controlar naquilo que vai falar acaba falando o que não deve, ou  falando no momento inadequado,  ou pode falar para alguém que não esteja preparado para ouvir, ou seja, acabará arrumando uma série de problemas que poderiam ser evitados com a boca fechada e, pior, no final só restará o arrependimento ou o remorso pelo fato de  ter ferido alguém, mas não haverá mais jeito, já que a palavra falada é como a flecha lançada, não tem volta. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Comments

adriana
Reply

ESTA SITE É UMA BENÇAO, CADA PALAVRA LIDA, ENVIADA A MIM, VERDADEIRAMENTE FAZ SENTIDO, É MARAVILHOSO QUANDO ALGUEM SE DISPOE A FAZER AVONTADE DO SENHOR, MUITAS VIDAS SAO ABENÇOADAS!

Leave a comment

name*

email* (not published)

website