Navigate / search

NUNCA É TARDE E NADA ESTÁ PERDIDO

Lucas: 23.39-43

Um dos criminosos que ali estavam dependurados lançava-lhe insultos: “Você não é o Cristo? Salve-se a si mesmo e a nós! ” Mas o outro criminoso o repreendeu, dizendo: “Você não teme a Deus, nem estando sob a mesma sentença? Nós estamos sendo punidos com justiça, porque estamos recebendo o que os nossos atos merecem. Mas este homem não cometeu nenhum mal”. Então ele disse: “Jesus, lembra-te de mim quando entrares no teu Reino”. Jesus lhe respondeu: “Eu lhe garanto: Hoje você estará comigo no paraíso”. 

casebre sob a neve

Jesus em Seu ministério não se limitou a ensinar a respeito do perdão, em diversas ocasiões colocou em prática o que pregava, como no caso do  ladrão que estava prestes a morrer e pediu para que fosse lembrado e Jesus não o rejeitou, pelo contrário, o aceitou e fez a promessa de que, ainda naquele dia, aquele criminoso estaria com Ele no paraíso. “Leia também: “A fragilidade da vida”.

Nesse artigo poderíamos tomar o caminho de focar na liberação do perdão ensinado e praticado por Jesus, porém gostaríamos de escrever esse texto a partir da perspectiva do bandido e nos ensinamentos deixados pela sua atitude.

O primeiro grande ensinamento que podemos tirar desse evento é que nunca é tarde para nos arrependermos e nos voltarmos para Deus.

Aquele ladrão estava prestes a morrer, já não havia nenhuma perspectiva de salvação para ele e, diferentemente do outro, que esbravejava, murmurava, e insultava a Jesus, ele se voltou para o Mestre e pede para ser lembrado, ou seja, em outras palavras demonstrou todo o seu arrependimento, pediu perdão e teve como recompensa a resposta que, ainda naquele dia, estaria entrando com Jesus no Paraíso. “Você também pode ler: A espera da situação ideal”.

A outra grande lição é que a grande maioria das pessoas que seguiam Jesus achara que tudo tinha acabado e ficara muito triste, como comprova o que está escrito em Lucas 24.21, quando um de seus discípulos diz: “E nós esperávamos que era ele que ia trazer a redenção a Israel. E hoje é o terceiro dia desde que tudo isso aconteceu”, ou seja, um total desânimo e descrédito com tudo.

Não contramão disso aquele ladrão viu que o Reino não tinha chegado ao fim, pelo contrário, por isso ele pede para ser lembrado quando Jesus chegasse lá, numa demonstração de fé sem limites. “Leia também: Não é bom que o homem vida só”.

Precisamos refletir a respeito do comportamento desse bandido, da percepção que ele teve daquilo que poderia alcançar, de como percebeu quem era Aquele que estava ao seu lado, da visão que teve de que nada estava perdido, apesar da sua situação naquele momento, e da coragem e vontade em procurar se redimir, mesmo nos últimos minutos de sua vida. Nunca é tarde e nada está perdido. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Comments

Alberto A. Vieira
Reply

Estou passando um momento difícil. Sou divorciado, mas moro com minha ex-mulher. Dormimos em quartos separados. Entretanto, mantenho um ritmo de vida idêntico ao tempo em que estava casado, faço compras, cozinho, faço faxina, continuo comprando presentinhos para ela. Vou ao cinema, passeio com ela. Mas, tenho uma namoradinha, muito mais nova que eu, me encontro com ela uma vez por semana. Estarei errado, nesse meu procedimento?
Necessário dizer que amo meus filhos, amo minhas netas.

Marcio Motta
Reply

Alberto julgar qualquer relacionamento à distância é muito complicado e não faço isso. Porém olhando somente para o que está escrito, qualquer relacionamento fora do casamento não está correto.

hugo
Reply

Também existe a triste possibilidade de Deus vir a julgar os homens antes que decidamos voltar para Ele?

eu na entendi essa parte?

Marcio Motta
Reply

Hugo Jesus tem autoridade para julgar a todos (Rm 14.9-11 e Fl 2.9-11). Embora esse julgamento já esteja operando em nossa vida, existe um Juízo final, que acontecerá por ocasião da volta de Cristo (Mateus: 25.31-46), quando a vida de cada pessoa será revista e avaliada. Obrigado pelo seu comentário.

hugo
Reply

Também existe a triste possibilidade de Deus vir a julgar os homens antes que decidamos voltar para Ele
eu nao entendi essa parte?

Marcio Motta
Reply

Hugo Jesus tem autoridade para julgar a todos (Rm 14.9-11 e Fl 2.9-11). Embora esse julgamento já esteja operando em nossa vida, existe um Juízo final, que acontecerá por ocasião da volta de Cristo (Mateus: 25.31-46), quando a vida de cada pessoa será revista e avaliada. Obrigado pelo seu comentário.

hugo
Reply

primeiramente gostaria de agradecer pelos textos!

qual é o texto que fala sobre estreitar o relacionamento com deus , aquele que fala que é preciso conhecer bem a pessoa pra entender o que ela esta falando?

sem duvida o texto deixa bem claro que Deus esta disposto a perdoar-nos mesmo quando não há nenhuma pespectiva de salvação!

porém, algo tem me deixado bastante confuso, pois alguns texto dão a entender que haveria um limite para a paciência e misericórdia de deus, um limite a a partir do qual não haveria mais possibilidade de salvação. esses textos que me deixaram com duvida são:

não deixe para amanha o que pode ser feito hoje: dando a entender que seremos deixados para trás (ou seja rejeitados e abandonados);

não recuse o convite: dando a entender que haverá um tempo que deus não nos dará mais oportunidade de encontra-lo;

o tempo que temos para agir: dar a entender que se deixarmos esse tempo passar não poderemos encontrar a misericórdia de deus;
deus sempre que nos dar outra chance: dando a entender que chegaria um ponto que precisaríamos que irmãos intercedesse por nós para que Deus tenha misericórdia de nós;

e aquele que me chamou mais atenção: buscando o senhor que só poderíamos encontrar misericórdia enquanto deus estivesse por perto, quando ela já não estivesse mais por perto não poderíamos encontrar mais a misericórdia de Deus.

Se esses textos não falam de salvação-condenação então eles falam de planos e bençãos que deus tem para nós e que poderíamos perder? é isso?
muito obrigado pela atenção! que deus continue abençoando-o

Marcio Motta
Reply

Prezado Hugo,
Isaías nos incentiva a buscar a Deus enquanto Ele está próximo. Deus não planeja se afastar de nós, porém muitas vezes nós é que O deixamos ou erguemos barreiras de pecados entre nós e Ele. Por isso não podemos esperar, ficarmos à deriva e cada vez mais longe de Deus. Quanto mais o tempo passar, mais difícil fica voltar para Ele. Também existe a triste possibilidade de Deus vir a julgar os homens antes que decidamos voltar para Ele. Por isso precisamos decidir logo buscar a Deus, enquanto existe a possibilidade. Obrigado pelo seu comentário.

Pedro R M Rodrigues
Reply

Marcio,
Muito oportuna sua reflexão baseada no texto da Bíblia que retrata a revolta de um dos crucificados junto com Jesus e, em contrapartida, a salvação do outro.
Oportuna porque ainda hoje nos deparamos com situações do dia-a-dia que nos remetem a casos de desespero que levam muitos à revolta e outros a tentar compreender e aceitar os desígnos de Deus.
Pensei no caso ocorrido esta semana na Barra onde uma médica assaltada não titubeou em socorrer o assaltante que havia sido baleado. Exemplo de espírito cristão mesmo em momento de extrema dificuldade.

Palavra Fiel
Reply

Valeu Pedro pelo seu comentário. Vivemos tempos difíceis, onde as pessoas não conseguem entender a Mensagem da Cruz.

jovelino farias cardoso
Reply

muito bom,gostei da pregação,afinal nuca é tarde para aceitar jesus.

Marcio Motta
Reply

Prezado Jovelino muito obrigado pelo seu comentário

Leave a comment

name*

email* (not published)

website