Navigate / search

ENTENDIMENTO, ATITUDE, RESPOSTA

DANIEL 10. 1 a 3 e 12

No terceiro ano de Ciro, rei da Pérsia, foi revelada uma palavra a Daniel, cujo nome é Beltessazar; a palavra era verdadeira e envolvia grande conflito; ele entendeu a palavra e teve inteligência da visão. Naqueles dias, eu, Daniel pranteei durante três semanas. Manjar desejável não comi, nem carne, nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com óleo algum, até que se passaram as três semanas inteiras. Então me disse: Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras; e, por causa das tuas palavras, é que eu vim.

entendimento, atitude , resposta

Ao lermos este texto podemos dividi-lo em três partes, quais sejam:

1 – Fase do entendimento;

2 – Fase da atitude;

3 – Fase da resposta;

 A primeira fase está expressa no versículo de número 1: “… ele entendeu a palavra e teve a inteligência da visão”. Está claro que foi revelada uma palavra a Daniel e ele teve entendimento da revelação. “Sugerimos que você leia também: Não sede conformados com este mundo, mas renove o seu entendimento”.

A segunda fase encontra-se logo abaixo, no segundo e terceiro versículos:

“Naqueles dias, eu, Daniel pranteei durante três semanas.

Manjar desejável não comi, nem carne, nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com óleo algum, até que se passaram as três semanas inteiras”. Leia o artigo completo…

Facebooktwittergoogle_plusmail

FINANÇAS PARA CASAIS VI

Dando continuidade a nossa série de artigos na busca do equilíbrio financeiro que todo o casal almeja,   daremos hoje as dicas finais, desta série de seis textos, focados nos casais. Não significa que, caso você seja solteiro ou  solteira, não possa aproveitar o que aqui foi colocado.

Como dissemos no início, o equilíbrio financeiro está calcado em dois pilares, quais sejam: Comportamento na relação com o dinheiro e Princípios financeiros, que aqui foram colocados.

Você tem total condição de ter uma vida financeira equilibrada e racional, depende somente de você. Temos plena convicção que, se o casal, colocar em prática as sugestões constantes nestes textos, a sua vida financeira mudará e para melhor.

Vamos a mais duas dicas:

Poupar ( visão de curto prazo) – Procure criar uma meta de poupança mensal. O importante é criar a disciplina de  retirar o dinheiro para este fim assim que receber o pagamento, se você deixar para fazê-lo no final do mês, jamais conseguirá. O ideal é que você tenha guardado de 3 a 6 vezes o valor de suas despesas mensais.( fixe como meta este valor e você conseguirá), para fazer face as eventualidades que possam ocorrer na vida do casal.  Leia o artigo completo…

Facebooktwittergoogle_plusmail

AMBIÇÃO BOM OU RUIM?

MATEUS 21. 33 A 39

Atentai noutra parábola. Havia um homem, dono de casa, que plantou uma vinha. Cercou-a de uma sebe, construiu nela um lagar, edificou-lhe uma torre e arrendou-a a uns lavradores. Depois se ausentou do país. Ao tempo de colheita, enviou seus servos aos lavradores, para receber os frutos que lhe tocavam. E os lavradores, agarrando os servos, espancaram a um, mataram a outro e a outro apedrejaram. Enviou ainda outros servos em maior número; trataram-nos da mesma sorte. E, por último, enviou-lhes o seu próprio filho, dizendo: A meu filho respeitarão. Mas os lavradores, vendo o filho, disseram entre si: Este é o herdeiro; ora, vamos, matemo-lo e apoderemo-nos da sua herança. E, agarrando-o, lançaram-no fora da vinha e o mataram.

ambição bom ou ruim?

O texto nos conta que um homem plantou uma vinha, cercou-a com plantas, construiu um lagar, que geralmente se tratava de um grande tonel onde várias pessoas trabalhavam juntas pisando as uvas, e arrendou-a para alguns trabalhadores e viajou.

Pelo que nos parece o pagamento pelo arrendamento seria com uma parte dos frutos e, no tempo certo, o arrendatário mandou alguns trabalhadores receber a parte que lhe cabia, porém os lavradores, além de não pagarem o que deviam , bateram e mataram as pessoas que foram cumprir a tarefa de receber. “Sugerimos que você leia também: Entregue as suas preocupações a Deus que Ele levará a sua carga”.

O dono da vinha insistiu, mandando outras pessoas para receber o seu pagamento,o texto diz que o número foi maior, entretanto ocorreu a mesma coisa, os lavradores agiram da mesma forma.

Finalmente, o dono da vinha, achando que o problema estava nas pessoas que ele enviou em primeiro lugar, enviou o seu filho, entendendo que , por ser seu filho, ele seria mais respeitado e, então conseguiria efetuar o recebimento.“Você também pode ler: Versículos bíblicos a respeito do orgulho”.

Todavia, os lavradores não tiveram o menor respeito e raciocinaram de uma forma completamente diferente do dono da vinha, mataram o seu filho, justamente por este motivo, ser o filho, pois entenderam que, por se tratar do herdeiro, eles poderiam se apoderar da herança, a vinha. Continue lendo o artigo…

Facebooktwittergoogle_plusmail