Navigate / search

VOCÊ PENSA NO FUTURO?

Se algumas pessoas receberem , nos dias de hoje, uma quantia e lhes perguntarmos o que elas farão com o dinheiro, pode ter a certeza de que, a grande maioria, responderá que irá consumir de alguma forma.

você pensa no futuro

Estas pessoas estão totalmente em consonância com a lógica dos dias de hoje. Hoje a nossa cultura privilegia o consumismo em detrimento da poupança. É em razão disto que a maioria das pessoas gastam mais do ganham.

Uma minoria pensa em poupar, pensa no futuro, pensa em construir algo no longo prazo. O importante é viver o momento, o agora.

Nada contra viver o momento, aliás o momento atual é para ser vivido mesmo. A notícia ruim é o que futuro um dia vai chegar. Um dia, quando você menos esperar, estará com uma idade onde não terá mais a mesma capacidade produtiva, estará próximo da sua aposentadoria, terá que se aposentar. Leia o artigo completo…

Facebooktwittergoogle_plusmail

VOCÊ TEM A QUEM RECORRER

Daniel 2.16

Foi Daniel ter com o rei e lhe pediu designasse o tempo, ele revelaria ao rei a interpretação.

você tem a quem recorrer

No segundo ano de seu reinado, Nabucodonosor teve um sonho que muito o perturbou. Então ele mandou chamar os magos, os encantadores, os feiticeiros para, além de interpretar o mesmo, dizer-lhe a que se referia o sonho, uma vez que ele não lembrava de nada.

Prometeu que caso eles conseguissem dizer-lhe a respeito do sonho, bem como de sua interpretação, receberiam dádivas, prêmios e grandes honras, porém, caso contrário, eles seriam destruídos. “Leia também: Ouvir pode mudar a sua vida”.

Entretanto, os magos não conseguiram dar as respostas que o rei queria. Por isto, enfurecido, Nabucodonosor baixou um decreto determinando a morte de todos os sábios da Babilônia.

Os magos bem que tentaram, eles vieram atendendo ao chamado do rei, porém, como já dissemos, não conseguiram dar as respostas que o rei queria, alegando que, tendo em vista o fato de ele não lembrar do sonho, ficava impossível dar a sua interpretação.

É importante notar que os mesmos tentaram convencer o rei desta impossibilidade, porém não obtiveram êxito nesta empreitada. Chegaram, inclusive, a dizer que não haveria mortal sob a face da terra que conseguisse revelar o que o rei exigia, bem como rei algum, tinha, até então, exigido tal coisa de algum sábio. Foram mais longe, afirmando que somente os deuses poderiam fazer esta revelação, e estes não habitavam no meio dos homens. Continue lendo o texto…

Facebooktwittergoogle_plusmail

ENTENDIMENTO, ATITUDE, RESPOSTA

DANIEL 10. 1 a 3 e 12

No terceiro ano de Ciro, rei da Pérsia, foi revelada uma palavra a Daniel, cujo nome é Beltessazar; a palavra era verdadeira e envolvia grande conflito; ele entendeu a palavra e teve inteligência da visão. Naqueles dias, eu, Daniel pranteei durante três semanas. Manjar desejável não comi, nem carne, nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com óleo algum, até que se passaram as três semanas inteiras. Então me disse: Não temas, Daniel, porque, desde o primeiro dia em que aplicaste o coração a compreender e a humilhar-te perante o teu Deus, foram ouvidas as tuas palavras; e, por causa das tuas palavras, é que eu vim.

entendimento, atitude , resposta

Ao lermos este texto podemos dividi-lo em três partes, quais sejam:

1 – Fase do entendimento;

2 – Fase da atitude;

3 – Fase da resposta;

 A primeira fase está expressa no versículo de número 1: “… ele entendeu a palavra e teve a inteligência da visão”. Está claro que foi revelada uma palavra a Daniel e ele teve entendimento da revelação. “Sugerimos que você leia também: Não sede conformados com este mundo, mas renove o seu entendimento”.

A segunda fase encontra-se logo abaixo, no segundo e terceiro versículos:

“Naqueles dias, eu, Daniel pranteei durante três semanas.

Manjar desejável não comi, nem carne, nem vinho entraram na minha boca, nem me ungi com óleo algum, até que se passaram as três semanas inteiras”. Leia o artigo completo…

Facebooktwittergoogle_plusmail