Navigate / search

PERDOAR É SINAL DE FORÇA E NÃO DE FRAQUEZA

Salomão respondeu: “Se ele se mostrar confiável, não cairá nem um só fio de cabelo da sua cabeça; mas se nele se descobrir alguma maldade, ele morrerá”. Então o rei enviou alguns soldados, e eles o fizeram descer do altar. E Adonias veio e se curvou solenemente perante o rei Salomão, que lhe disse: “Vá para casa”.
(1 Reis: 1.52-53)
Perdoar é sinal de força e não de fraqueza .

Quando Davi chegou aos 70 anos de idade estava com a sua saúde debilitada, então, Adonias, seu quarto filho, decidiu tomar a o trono à revelia de seu pai.

Ele resolveu fazer isto porque, muito embora fosse o a herdeiro natural já que os outros três irmãos mais velhos já tivessem morrido, ele sabia que Salomão seria o escolhido de Davi para o ser próximo rei.

Outra ótima leitura para você seria: Deus não olha para as nossas deficiências como nós”.

Então, por conta disso, ele se auto-proclamou rei, fazendo uma reunião em que convidou todos os seus irmãos, os filhos do rei e todos os homens de Judá, servos do rei, entretanto, ao profeta Natã e ao seu irmão Salomão não convidou.

“Você deveria ler também: Permanecer com Deus ou buscar o nosso próprio caminho?”.

Quando o profeta Natã soube da conspiração arquitetada por Adonias agiu com rapidez, fez saber à mãe de Salomão o que estava acontecendo, que foi ao Rei Davi colocá-lo a par de tudo e, então, Salomão foi ungido rei.

Quando Adonias soube do ocorrido ficou desesperado, correu para o altar de misericórdia e pediu perdão a Salomão, suplicando que não o matasse pelo que tinha feito.

Salomão, então, que podia tê-lo matado sem piedade, já que era o novo rei, o mandou embora, sem castigá-lo.

“Não deixe de ler também: O pecado que o Diabo mais gosta”.

E é desta atitude de Salomão que gostaríamos de refletir neste texto, o fato de Salomão, que detinha o poder formal, poder matar o seu rival e preferiu não fazê-lo e, é bom salientar, que caso fosse ao contrário, Adonias não teria a menor contemplação com Salomão.

Salomão esteve diante de uma situação complicada, pois muitos, para mostrar poder e autoridade, teriam optado por executar o seu oponente e a sua atitude de perdoar a Adonias poderia soar com sinal de fraqueza.

Sugerimos que você leia também: Desejos legítimos satisfeitos da forma errada”.

Entretanto, apesar deste risco, ele preferiu perdoar a conspiração feita por aquele homem, mostrando que, muitas vezes, exercer o perdão é um ato de muito mais força do que o uso da violência.

A atitude que Salomão tomou, de perdoar Adonias, exigiu dele muito mais esforço do que se vingar do seu oponente, mostrou muito mais força e revelou o seu caráter para todos os que ali estavam.

Muitas vezes nos vemos diante de situações semelhantes, quando precisamos decidir entre perdoar alguém ou exercer a força, por algo em que fomos afrontados.

Este texto da Bíblia nos mostra o caminho certo, o exercício da força, geralmente, é sinal de fraqueza, de medo e de insegurança e os verdadeiros líderes sabem que não devem fazer isto. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Leave a comment

name*

email* (not published)

website