Navigate / search

QUE HAJA EM VÓS O MESMO SENTIMENTO QUE HOUVE EM CRISTO JESUS

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus, que sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens: Filipenses 2.5-7.

Que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus

O Apóstolo Paulo em sua carta à Igreja de Filipos, nestes versículos, faz uma exortação aos irmãos daquela igreja dizendo que deveria haver neles o mesmo sentimento que houve em Jesus Cristo que, sendo em forma de Deus, não se apoderou do direito de ser igual a Ele, pelo contrário, tomou a forma de escravo e se fez semelhante aos homens. “Sugerimos que você leia também: Buscando o Senhor”.

Paulo está ressaltando a atitude de Jesus que mesmo tendo a natureza divina, ou seja, era Deus na Sua essência, abriu mão do privilégio da divindade, tomou a forma de escravo (servo) e se fez igual aos homens. “Considere ler também: O discurso e a prática”.

É evidente que o fato de que Deus pudesse virar um homem causou uma grande confusão, pois muita gente não cria, e não crê até hoje, que isso pudesse acontecer.

E, por conta disso, diversas correntes se estabeleceram, os pagãos entendiam que para Deus descer até o homem deveria se tornar uma pessoa ruim, os romanos não admitiam, em hipótese nenhuma, um ser humano ser elevado a essa condição divina e até para aqueles que creram isso não fazia sentido.

Mas o que Paulo estava dizendo, de uma forma contundente, é que Cristo abandonou por completo a sua condição de Deus para viver nessa terra como um ser humano qualquer, sujeito a todas as privações e provações, demonstrando toda a Sua generosidade e se sacrificando em nosso benefício.

Muito embora essa passagem bíblica tenha todo esse aspecto teológico, tem, também, uma mensagem muito clara a respeito dos valores éticos que devem permear a vida de todo o ser humano.

Ela fala de humildade, da genuína humildade, isto é, do modelo que devemos seguir na condução de nossa vida. “Uma ótima leitura para você seria: Esqueça o problema e olhe para Deus”.

A cultura da época priorizava o interesse próprio, o que deveria estar em primeiro lugar era a satisfação pessoal e Jesus vem e mostra, de forma revolucionária, que eles deveriam se conduzir de forma totalmente contrária, isto é, o que deveria vir em primeiro lugar era o interesse do outro e que jamais deveriam se sentir superiores a ninguém, e mais, não somente fala, vive aquela condição de uma forma dramática. “Leia também: Que adianta ganhar o mundo e perder a nossa alma”.

E a pergunta que não quer calar é: Qual a diferença daquele tempo para os atuais? O que mudou no ser humano de lá para cá? A resposta é que a diferença é nenhuma e o homem não mudou, continua egoísta como sempre foi.

Para finalizar, gostaríamos de ressaltar que este é o modelo de humildade, qualquer outra coisa diferente disso é alegoria, ou jogo de palavras, porém apesar de todas as nossas dificuldades em se integrar dentro desse padrão não devemos tomá-lo como impossível, pelo contrário, devemos vê-lo como um alvo a ser alcançado, mesmo sabendo que pensar primeiro no outro e depois em nós é uma tarefa muito difícil para qualquer ser humano. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Leave a comment

name*

email* (not published)

website