Navigate / search

A RESPOSTA AO EVANGELHO NEM SEMPRE ACONTECE DE IMEDIATO

A mulher lhe disse: “Senhor, dê-me dessa água, para que eu não tenha mais sede, nem precise voltar aqui para tirar água”

(João: 4.15)

Um dia deste alguém me procurou e disse que já vinha, há algum tempo, tentando evangelizar uma pessoa.

Porém, infelizmente, ela não estava vendo nenhum resultado, nenhuma resposta.

A resposta ao Evangelho nem sempre acontece de imediato

Era como se as suas palavras estivessem indo ao vento.

E me perguntou se deveria insistir ou desistir.

“Leia também: Deus retribuirá a cada um de acordo com o que fez”.

Eu disse que a resposta ao Evangelho nem sempre acontece de imediato.

É preciso dar um tempo para que as pessoas aceitem esta mensagem tão transformadora.

“Você deveria ler também: Como não perder a esperança quando tudo parece perdido?”.

E falei para ela do diálogo entre Jesus e a mulher samaritana.

Segundo a Palavra de Deus uma mulher de Samaria foi tirar água de uma fonte e Jesus lhe pediu água.

A mulher, em primeiro lugar, estranhou e respondeu como ele sendo judeu estava se dirigindo a ela (porque os judeus não se comunicavam com os samaritanos).

“Outra ótima leitura seria: Como enfrentar as dificuldades da vida”.

Jesus, então, lhe disse que se ela conhecesse o dom de Deus e quem estava falando, ela lhe pediria, e ele daria, água viva.

A seguir, ela respondeu que ele não tinha com o que tirar a água, além do poço ser fundo, e perguntou onde teria água viva.

“Não deixe de ler também: Tudo está nas mãos de Deus”.

Jesus respondeu que qualquer pessoa que bebesse da água daquele poço logo teria sede.

Porém, aquele que bebesse da água que Ele desse nunca mais teria sede.

Pelo contrário, a água que Ele tinha para dar se tornaria, na pessoa, uma fonte de água a jorrar para a vida eterna.

Então, a mulher pediu que Ele lhe desse daquela água, para que ela não tivesse mais sede e não precisasse ir mais àquela fonte.

Jesus, a seguir, perguntou pelo seu marido e ela respondeu que não tinha.

Ele retrucou que, realmente, o homem com quem ela estava não era seu marido e que ela já tinha tido cinco.

O final dessa história é que a mulher reconheceu os poderes de Jesus, voltou a cidade e chamou a todos para que viessem conhecê-lo.

O que gostaríamos de enfatizar é que, num primeiro momento, a mulher não entendeu a mensagem.

Ela só pensou que se recebesse a água que Jesus ofereceu, não precisaria mais voltar a fonte para pegar mais.

Ou seja, às vezes, é necessário tempo para que as pessoas entendam determinadas coisas.

Principalmente algo como o Evangelho, que transforma completamente a vida das pessoas.

E Jesus teve paciência e deu o tempo devido para ela conseguisse compreender a mensagem que estava sendo pregada para ela.

Não é pela força, é o Espírito que convence e, muitas vezes, as pessoas precisam de tempo para aceitar a mensagem das Boas Novas.

Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Comments

Santana
Reply

Quem nao tem ou nao teve ja esse lamento? Sou um desses e não por uma pessoa, mas várias. Precisamos pensar o tempo como Deus pensa. O que nos é muito difícil. Resta-nos a fé de que a Seu tempo Deus agirá e que Ele é o maior interessado em nós é naqueles que nós amamos! Glória a Deus!

Marcio Motta
Reply

Santana isso mesmo. Precisamos fazer a nossa parte.

Leave a comment

name*

email* (not published)

website