Navigate / search

A RIQUEZA PODE SEDUZIR E ESCRAVIZAR O SER HUMANO

Levaram também a Ló, sobrinho de Abrão, e os bens que ele possuía, visto que morava em Sodoma.
(Gênesis: 14.12)
A riqueza pode seduzir e escravizar o ser humano

A riqueza pode seduzir e escravizar o ser humano, levando a todos os que se deixam encantar por ela a ter problemas muito sérios.

Isto não quer dizer que não devamos buscar melhorar a nossa vida ou tentar prosperar nesta terra, isto é, não estamos, neste texto, pregando a pobreza.

“Você deveria ler também: Existe outro Evangelho?”.

O grande problema é que muitas pessoas não conseguem entender que o dinheiro foi feito para ser usado pelo homem e não para governar a vida do ser humano, mas, infelizmente, muita gente boa acaba se tornando refém da ganância.

Foi o caso de Ló, que seduzido pelo desejo de ter mais posses e sucesso, acabou indo viver em lugar onde não deveria, ou seja, a sua ambição acabou por não deixá-lo perceber que estava vivendo em uma cidade que colocava em risco a ele e a toda a sua família.

“Sugerimos que você leia também: A satisfação doentia com a desgraça alheia”.

Então, deu no que deu, como está colocado no versículo que serve de tema para o nosso texto, ele acabou preso e, com certeza, deve ter passado por momentos de muitas dificuldades e sofrimentos.

Onde estamos querendo chegar? O que estamos pretendendo com este artigo? A resposta é simples, mostrar que o desejo de prosperidade é legítimo, porém ele não pode ultrapassar determinados limites, pois pode se tornar um grande perigo.

E qual é este limite? A resposta a esta pergunta não é tão difícil, o limite é fixado pela forma com que lidamos com as riquezas, Ló colocou-as em primeiro lugar em sua vida, não se importou em viver ao lado de pessoas perversas e pecadoras, que não tinham o menor compromisso com Deus, isto é, para ele não importava a forma como estava vivendo e sim o conforto e posses que tinha conseguido.

“Você não pode deixar de ler também: Não é bom que o homem vida só.”

O apego de Ló às riquezas foi tão grande que mesmo quando lhe foi ordenado que deixasse a cidade de Sodoma, que seria destruída e, por conta disso, todas as pessoas seriam mortas, ele hesitou porque não queria abandonar a riqueza, posição e conforto que tinha conseguido.

Talvez, ao olharmos para esta história, façamos um julgamento duro a respeito do comportamento de Ló, questionando: Como pode um homem colocar em risco a sua segurança e a da sua família, simplesmente por causa do dinheiro?

Entretanto, não devemos ser tão severos com ele, pelo contrário, precisamos entender que ele foi mais uma vítima da sedução e escravidão que as riquezas impõem as pessoas e mais, nos questionarmos se não estamos cometendo o mesmo erro, já que é muito fácil nos deixar encantar pela riqueza. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Leave a comment

name*

email* (not published)

website