Navigate / search

SE VAMOS A DEUS É PRECISO CRER DE FORMA INCONDICIONAL

Então disse Eliseu: “Vá pedir emprestadas vasilhas a todos os vizinhos. Mas, peça muitas. Depois entre em casa com seus filhos e feche a porta. Derrame daquele azeite em cada vasilha e vá separando as que você for enchendo”.

(Reis: 4.3-4)

Hoje vamos dar prosseguimento à nossa reflexão, tendo como base o texto que trata da multiplicação do azeite da viúva.

Se vamos a Deus é preciso crer de forma incondicional

Os versículos que vamos explorar são os de números três e quatro.

Neles estão escritos que Eliseu disse para a viúva arrumar vasos de azeite vazios junto aos seus vizinhos, e que pedisse muitos.

Depois fala para ela entrar em casa, com seus filhos, e fechar a porta.

E ordena que ela derrame aquele azeite em cada vasilha e coloque de lado as que forem ficando cheias.

Se você lembrar, lá no versículo 1, a viúva disse a Eliseu que não tinha nada, somente uma botija de azeite.

Então, como poderia ela encher todas as vasilhas emprestadas, se só existia um pouco de azeite.

Aos nossos olhos a instrução de Eliseu foi meio louca.

O texto nos mostra algumas coisas e é sobre elas que gostaríamos de pensar neste artigo:

1 – Não devemos medir o poder de Deus olhando para as circunstâncias envolvidas no problema.

Se a viúva fosse olhar para as variáveis envolvidas, ela não cumpriria a determinação do profeta, pois só tinha um pouco de azeite, como poderia encher as demais vasilhas.

O que a viúva nos ensina é que se vamos a Deus devemos crer, independentemente de qualquer circunstância.

E mais, Deus não se agrada quando duvidamos Dele.

2 – Deus não é rápido nem devagar, Ele sabe o tempo certo.

As vezes olhamos para as circunstâncias e tudo está tão desarrumado que achamos que ainda falta muito tempo para as coisas mudarem em nossas vidas. (Como no caso da viúva)

Em outros momentos, pensamos que já aconteceram tantas coisas que Deus está demorando a fazer algo, ou que perdemos a nossa bênção.

Para Deus um dia é como mil anos e mil anos como um dia. Ele sabe o melhor momento e nunca desampara os que Nele esperam.

Se vamos a Deus é preciso crer de forma incondicional, pois olhar para as circunstâncias, nos fará duvidar.

3 – Nem sempre devemos anunciar aquilo que Deus nos manda fazer.

Existem pessoas que têm “a boca grande” e saem anunciando tudo o que acontece em suas vidas.

Está muito claro no texto que ela precisava fazer o que Eliseu falou, mas sem contar nada a ninguém.

É necessário entender que, nem sempre, as pessoas que estão à nossa volta querem a nossa vitória.

Nem todos estão no mesmo espírito que nós e existe a inveja, que é um sentimento ruim, mas que, infelizmente, muitas pessoas têm.

Por isso, ninguém deve ficar anunciando coisas referentes ao seu relacionamento com Deus, a não ser que Ele permita que se faça isso.

Neste versos aprendemos algumas lições, tendo como exemplo as atitudes na viúva, e que servem para nós.

A Palavra de Deus é viva e precisamos entender que esta passagem, assim como toda a Bíblia, não tem somente o sentido histórico, ela fala conosco, o que precisamos é guardar os seus ensinamentos e colocá-los em prática.

Hoje ficaremos por aqui, nos próximos textos abordaremos os demais versículos.

Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Preencha o seu e-mail e receba um e-book totalmente grátis. Coletânea de Versículos Bíblicos. => => => Quero Receber

Facebooktwittergoogle_plusmail

Comments

marli santos
Reply

E como foi feito o milagre da multiplicaçao do azeite?????
Ela conseguiu??? qual foi o processo, ja que ela só tinha um pouco de azeite????? como ela encheu as MUITAS vasilhas????? obrigada.

Marcio Motta
Reply

Marli o milagre aconteceu. A partir da pequena quantidade de azeite que a viúva tinha, Deus multiplicou de tal forma que ela pode vendê-lo para pagar a sua dívida e viver do que sobrou.

Leave a comment

name*

email* (not published)

website