Navigate / search

SE VOCÊ DECIDIU SE VINGAR DE ALGUÉM CAVE DUAS SEPULTURAS

Caia sobre a cabeça de Joabe e sobre toda a casa de seu pai, e nunca na casa de Joabe falte quem tenha fluxo, ou quem seja leproso, ou quem se atenha a bordão, ou quem caia à espada, ou quem necessite de pão.
(2 Samuel 3.29)
Se você decidiu se vingar de alguém cave duas sepulturas

Se você resolveu se vingar de alguém cave duas sepulturas, uma para a pessoa de quem você está se vingando e outra para você.

Isto mesmo, não existe vencedores num ato de vingança, todos perdem, pois, muito embora num primeiro momento possa haver alguma satisfação, depois virá o arrependimento e a culpa que caminhará com a pessoa que cometeu o ato durante toda a sua vida.

“Sugerimos que você leia também: O poder das palavras”.

Foi o que aconteceu com Joabe, comandante de Davi, que matou Abner para vingar a morte de seu irmão, apesar de Abner ter feito isso em defesa própria.

A sua atitude acabou se voltando contra ele, uma vez que Davi não concordou com o que tinha feito e, por conta disso, o amaldiçoou e a sua família, dizendo que os seus descendentes seriam doentes e passariam por necessidades e, mais tarde, acabou punido por Salomão com a morte.

“Você não pode deixar de ler também: Não devemos discriminar as pessoas”.

Esta história acontecida há milhares de anos atrás nunca foi tão atual, pois retrata de uma forma bem clara as conseqüências finais de um plano de vingança.

Muitos podem, até, pensar que este foi um caso de exceção, pois a pessoa que promoveu a vingança foi descoberta e punida pelo seu ato, porém na grande maioria das ocorrências isto não acontece, ou seja, quando o ato é bem planejado não existe a possibilidade de erro.

É um tremendo equívoco pensar desta forma, pois mesmo que alguém consiga o seu intento de se vingar e não ser pego, existe a sua consciência, ou seja, a partir deste momento esta pessoa será prisioneira daquela atitude e nunca mais terá paz de espírito e viverá acorrentada para o resto da vida.

Mas você que está lendo este texto deve estar pensando o que fazer, pois o que aconteceu na sua vida foi muito sério, não pode passar em branco, tem de existir conseqüências para aquele ou aqueles que lhe fizeram tanto mal.

“Seria muito interessante você ler também: A sua bênção é proporcional à sua fé”.

Então, seria interessante formular algumas perguntas: Você crê em Deus? Você acha que Ele é justo? Se as respostas a estas perguntas forem sim é necessário crer em Sua Palavra quando diz que “Dele é a vingança”, que “Ele nos recompensará”, que Ele retribuirá a cada um de acordo com as suas atitudes, ou seja, aquilo que aconteceu com você não será ignorado.

É difícil seguir o que está escrito? É claro que é, pois queremos ver os nossos desafetos sofrendo da mesma forma que nós, porém, o que precisamos entender, é que quando nos vingamos de alguém não estamos nos libertando do sofrimento ou fazendo justiça, estamos sim violentando a nossa natureza, revidando o mal com o mal e, com certeza, nos arrependeremos muito dessa atitude.

Para finalizar, gostaríamos de enfatizar que a conversão é um processo, não é fácil para ninguém, perdoar, esquecer, deixar de retribuir na mesma medida, porém se queremos nos tornar pessoas melhores este é o caminho,  é isto que Deus quer de nós, qualquer outra coisa é ignorar os Seus conselhos e andar fora dos Seus princípios. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Leave a comment

name*

email* (not published)

website