Navigate / search

NÃO SEDE CONFORMADOS COM ESTE MUNDO, MAS RENOVE O SEU ENTENDIMENTO

Não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus: Romanos 12.2

Não sede conformados com este mundo, mas renove o seu entendimento,

Paulo em sua carta aos romanos disse para que eles não se conformassem com este mundo, pelo contrário, mas que fossem transformados pela renovação das suas mentes, ou seja, o conselho era para que eles não aceitassem o comportamento que a maioria das pessoas estava colocando em prática. “Você não pode deixar de ler também: Acima do bem e do mal”

O conselho foi dado pelo Apóstolo Paulo, aos cristãos romanos, há milhares de anos atrás, entretanto, a pergunta que precisamos fazer é se ele vale para os tempos atuais e a resposta é que não temos a menor dúvida que sim, já que esse assunto é totalmente atual. “Sugerimos que você leia também: Esqueça o problema e olhe para Deus”.

Vivemos um tempo em que os valores estão tão invertidos que, infelizmente, determinadas coisas que estão totalmente erradas, deixaram de ser e passaram a fazer parte do cotidiano das pessoas como totalmente normais. “Outra ótima leitura para você seria: Reconhecimento dos feitos de Deus”

Porém, o versículo tema desse artigo está nos exortando a não somente deixar de lado os costumes e comportamentos equivocados praticados nos dias de hoje, ele vai mais além, pois está nos conclamando a uma mudança na forma de pensar, ou seja, uma modificação em nosso interior e isso somente pode acontecer se permitimos que Deus se aproxime de nós. …Continue lendo o texto…

Facebooktwittergoogle_plusmail

O PREÇO PAGO PELO ENTENDIMENTO E A SABEDORIA

Eclesiastes: 1. 16 – 18

Pensei comigo mesmo: Eu me tornei famoso e ultrapassei em sabedoria todos os que governaram Jerusalém antes de mim; de fato adquiri muita sabedoria e conhecimento. Assim eu me esforcei para compreender a sabedoria, bem como a loucura e a insensatez, mas aprendi que isso também é correr atrás do vento.Pois quanto maior a sabedoria maior o sofrimento; e quanto maior o conhecimento, maior o desgosto. 

O preço pago pelo entendimento e a sabedoria

Salomão chegou  à conclusão que se tornou muito mais sábio que todos aqueles que governaram Jerusalém. Teve a perfeita convicção do que seria a sabedoria e o conhecimento e fez uma comparação com a tolice e a falta de juízo, mas terminou por entender que isso não passava de ilusão, já que acabou  aprendendo que quanto mais sábio se torna o homem  mais aborrecimentos ele tem e mais sofre.

O que Salomão disse nesses versículos pode nos assustar um pouco, na medida em que pode ficar parecendo que não seria nada bom adquirirmos sabedoria e conhecimento, pois acabaríamos por nos aborrecer e sofrer mais por conta disso.

Entretanto, infelizmente, isso é a pura verdade, já que à proporção que vamos angariando conhecimento e sabedoria, vamos compreendendo algumas coisas que não conseguíamos ver anteriormente, pois estávamos na ignorância, e à proporção que o entendimento vai-nos mostrando as imperfeições, os absurdos, como esse mundo é mal, como a desigualdade é latente, como existem pessoas discriminadas e sem nenhuma perspectiva, como o amor pregado por Cristo está longe de ser alcançado,  passamos a entender e vivenciar as coisas ruins que antes passavam despercebidas.

Sendo assim, precisamos fazer a grande pergunta: “Então é melhor viver na ignorância”? “Não devemos buscar o entendimento e a sabedoria”? É claro que não. Devemos sim buscar cada vez mais nos aprimorar e buscar mais entendimento e sabedoria, porém é preciso que entendamos algumas coisas de suma importância. …Continue lendo o artigo…

Facebooktwittergoogle_plusmail

O PECADO QUE O DIABO MAIS GOSTA

Gênesis:  3. 2 – 6

Respondeu a mulher à serpente: “Podemos comer do fruto das árvores do jardim, mas Deus disse: ‘Não comam do fruto da árvore que está no meio do jardim, nem toquem nele; do contrário vocês morrerão’ “. Disse a serpente à mulher: “Certamente não morrerão! Deus sabe que, no dia em que dele comerem, seus olhos se abrirão, e vocês serão como Deus, conhecedores do bem e do mal”. Quando a mulher viu que a árvore parecia agradável ao paladar, era atraente aos olhos e, além disso, desejável para dela se obter discernimento, tomou do seu fruto, comeu-o e o deu a seu marido, que comeu também. 

pequena queda de d'água

Esses versículos tratam de uma história bastante conhecida. O Diabo, disfarçado de serpente, dirigiu-se à mulher e lhe perguntou se era verdade que Deus lhes tinha proibido de comer as frutas do jardim, ela respondeu que eles podiam comer todas as frutas, exceto a da árvore que ficava no meio do jardim, já que morreriam se fizessem isso.

A cobra argumentou que eles não morreriam coisa alguma e afirmou que Deus tinha falado assim porque sabia que, caso eles fizessem aquilo, os seus olhos se abririam e eles seriam como Deus, já que tomariam conhecimento do bem e do mal.

Leia também: A cobiça que mata

A mulher viu que á arvore era muito bonita e as frutas boas para serem comidas e achou que seria muito bom ter o entendimento, então, pegou a fruta e comeu.

O que estamos vendo muito claramente é a forma de atuação do Diabo, ele não obrigou a mulher a fazer coisa alguma, simplesmente tentou-a usando o artifício de aguçar a sua curiosidade e deixando transparecer que Deus estava sendo egoísta em não querer compartilhar com eles o conhecimento do bem e do mal, ou seja, ele somente sugeriu, a consecução da ação coube a ela. Leia o artigo completo…

Facebooktwittergoogle_plusmail