Navigate / search

TER HUMILDADE É A ÚNICA FORMA DE SE TIRAR ALGUM PROVEITO DA DERROTA

Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.
(1 Pedro: 5.5)

No final do ano, talvez porque esteja chegando ao fim um ciclo de tempo, algumas pessoas têm o hábito de fazer um balanço de suas vidas.

Ter humildade é única forma de se tirar algum proveito da derrota.

Sendo assim, algumas delas comemoram as conquistas alcançadas, as vitórias conseguidas, já, outras, terminam este tempo frustradas e tristes, em virtude não terem alcançados aquilo que almejavam.

“Sugerimos que você leia também: “O amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta”.

A vida é assim mesmo, ela feita de vitórias e derrotas, ninguém, neste tempo que passou ganhou todas as batalhas, muito embora as pessoas tenham por hábito só falar de suas conquistas, é lógico que existiram, também, reveses para todo mundo.

E, apesar de ser muito difícil, todos nós precisamos aprender a lidar com esses resultados, ou seja, comemorar a conquista e, principalmente, tirar algum proveito da derrota.

Não deixe de ser também: “Tem gente que passa a vida buscando a coisa errada e perdendo a certa”.

Não adianta mais ficar chorando, deprimido, fugindo do mundo ou sofrendo, a derrota já aconteceu, talvez nada mais possa ser feito, então, a única coisa que pode ser feita é se tentar extrair deste acontecimento as lições necessárias para que no próximo ano o resultado seja positivo.

E é aí que a coisa pega. Em primeiro lugar, ninguém consegue perceber que existe algum proveito na adversidade e, em segundo lugar, com certeza, para se tirar proveito da derrota é necessário a humildade de se assumir que errou.

E o ser humano não é humilde, apesar de achar que é, ele não consegue perceber que, às vezes, uma pequena mudança em seu comportamento pode fazer toda a diferença e mudar toda a sua vida.

Ele prefere arrumar um monte de argumentos para justificar os atos que determinaram a sua derrota, do que simplesmente assumir os seus erros e procurar não fazer mais.

“Você deveria ler também: “5 tentações que rondam o nosso dia a dia e das quais devemos fugir”.

A notícia ruim é que a pessoa que age assim tem grandes chances de, ao final do próximo ano, estar sofrendo com um novo revés e, pior, culpando até a Deus pela nova derrota.

Você já viu aquela pessoa que quando perguntada se existe algum arrependimento ou se agiria de forma diferente após alguma derrota, responde que faria tudo de novo.

“Outra ótima leitura seria: “Se você tem algum problema com alguém o melhor a fazer é resolvê-lo”.

Esta resposta é de uma arrogância sem tamanho, é de uma prepotência irritante, pois é lógico que se as coisas não foram bem, existia um caminho que poderia levar a um final feliz e, esta pessoa, não conseguiu aprender nada com o que passou.

Muito embora este texto esteja sendo escrito próximo ao final do ano, não significa que esteja restrito somente a este tempo, pois não é necessário se esperar até esta data para se perceber necessidade de mudança, ou se chegar à conclusão quer alguma coisa não está indo bem.

Para finalizar, gostaríamos de salientar que ter humildade é a única forma de se tirar proveito da derrota, a postura de se fazer tudo novamente diante de um revés é uma decisão tola e, sinceramente, pouco inteligente. Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Leave a comment

name*

email* (not published)

website