Navigate / search

TRATAR ALGUÉM COM FAVORITISMO É UM COMPORTAMENTO CONDENADO POR DEUS

Meus irmãos, como crentes em nosso glorioso Senhor Jesus Cristo, não façam diferença entre as pessoas, tratando-as com favoritismo.

(Tiago: 2.1)

Vivemos em uma sociedade hipócrita que diz que não se deve discriminar as pessoas, nem demonstrar favoritismos, mas que, infelizmente, faz isso o tempo todo.

Tratar alguém com favoritismo é um comportamento condenado por Deus

Se alguém quiser comprovar esta situação de uma forma bem simples é só reparar o tratamento dado a alguém muito bem vestido e a uma outra pessoa vestida de forma bem humilde.

“Você deveria ler: Não enterre o que Deus lhe deu”.

Não tenho a menor dúvida que a pessoa que estiver usando roupas caras e finas terá muito mais consideração do que aquela que não se veste assim.

Você que está lendo este artigo deve estar achando que estou exagerando, seria bom que eu estivesse, porém o que estou dizendo é a mais pura realidade e é só você passar a reparar, que vai poder comprovar com seus próprios olhos.

“Outra boa leitura seria: O Reino de Deus é semelhante a uma rede”.

É evidente que usei um exemplo bem simplório, a forma de se vestir, mas o favoritismo ocorre em todas as camadas sociais, de diversas formas, inclusive nas igrejas, e é um fato completamente em desacordo com os ensinamentos de Jesus Cristo.

Nos versículos que usamos como tema de nosso texto, Tiago confronta esta situação, dizendo que se alguém der atenção especial ao homem que está vestindo roupas finas, colocando-o em um lugar adequado.

“Leia também: A fé sem obras é morta”.

E, em contrapartida, disser ao pobre para ficar de pé, estará fazendo discriminação e fazendo julgamentos com critérios errados.

E gostaríamos de fazer um comentário a respeito dos “critérios errados” que usamos no parágrafo anterior.

Infelizmente, a grande maioria das pessoas julga o outro pela aparência, ela olha para exterior da pessoa e traça no seu pensamento o perfil daquele para qual está olhando.

“Sugerimos que você leia: Tudo posso naquele que me fortalece”.

Porém, quando ela faz isso, ela comete um erro terrível, pois a aparência mostra apenas a visão externa e não se consegue determinar o caráter de alguém dessa forma.

Você que está lendo este texto, deve estar pensando que é óbvio que olhando apenas para exterior não dá para fazer nenhum julgamento a respeito de alguém.

Porém, o que realmente é lamentável, é que este tipo de coisa acontece a todo instante, apesar de parecer meio absurdo.

As pessoas acham alguém simpático ou antipático, simples ou metido, digno ou indigno, e por aí vai, através de um simples olhar.

Muitas vezes, elas formam uma opinião sobre o outro sem nunca ter nem falado com aquele indivíduo.

Mas Tiago trata este tipo de comportamento de forma bem dura, dizendo que se alguém deseja obedecer ao contido na Palavra de Deus deve amar ao seu próximo como a si mesmo.

Porém, se ao contrário, tratar alguém com favoritismo, estará cometendo pecado e será condenado como transgressor.

Para finalizar, gostaríamos de salientar que o tratamento diferenciado, com favoritismo, é uma constante em nossa sociedade e Deus não se agrada disso, pois a Sua Palavra prega justamente o contrário.

Então, a grande pergunta que precisamos fazer é: Que tipo de comportamento nós estamos tendo em nossos relacionamentos? Estamos tratando as pessoas de forma igualitária? Realmente não usamos de favoritismo?

Pense nisso e deixe o seu comentário.

Por:Marcio Motta

Disponibilizamos um E-book para você. Coletânea de Versículos Bíblicos. Não deixe de baixar. É grátis!  => => => Quero Receber!

 

Facebooktwittergoogle_plusmail

Leave a comment

name*

email* (not published)

website